Análise de indicadores de desempenho do turismo

MAIO 2021

Os números da taxa média de ocupação dos meios de hospedagem apurados no mês de maio indicam um crescimento gradual, com uma variação positiva de 8,99% em relação ao mês de abril de 2021. Ao comparar com maio de 2020, nota-se também uma recuperação 20,16%.

O fluxo de passageiros nos principais aeroportos da Bahia (Salvador, Ilhéus, Porto Seguro e Vitória da Conquista) foi de 358.625, o que evidencia um processo de recuperação se comparado ao mês anterior que registrou um fluxo de 273.560 passageiros. Esse número representa uma recuperação de 824% em relação ao mesmo mês de 2020. Em maio de 2020, apenas o aeroporto de Salvador estava operando e registrou um fluxo de 38.812 passageiros, enquanto que em 2021 foram apurados 249.472, o que representa um crescimento de 542,77p.p.. No que se refere aos voos internacionais, no mês de maio foram registrados 10 voos da TAP e 07 voos charters, no aeroporto de Salvador.

Nota-se ainda o crescimento do turismo regional e de curta distância, assim como foi verificado nos últimos meses. Em maio, foi aferido um aumento de 38,4% no número de veículos que transitaram pelas praças de pedágios em relação ao mesmo mês do ano anterior. Ao comparar com  abril de 2021, o crescimento foi de 8,75%.

No que tange a movimentação de embarcações e passageiros na Travessia Salvador x Morro de São Paulo observa-se que, no mês de maio do corrente ano, foram registrados 2.177 passageiros, não sendo possível uma comparação com o ano anterior, haja vista que em maio de 2020 as operações estavam suspensas.

Com relação ao consumo faturado de energia elétrica nas Atividades Características do Turismo na Bahia, quando comparado maio de 2021 ao mesmo mês de 2020, nota-se um aumento de 31,6%.

Constata-se, portanto, através dos indicadores, que o turismo está reagindo de forma gradativa. A tendência de crescimento mensal vem se mantendo e fortalecendo o processo de recuperação, a exemplo do fluxo de passageiros nos principais aeroportos da Bahia. A vacinação contra a Covid-19 vem avançando, o que certamente contribuirá para a de recuperação da atividade turística no estado.